Efeitos da falta de transição ainda repercutem na população

  • Publicado no dia: 02-04-2009
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    A falta da transição da gestão do ex-prefeito para o prefeito Anilton Bastos ainda repercute na população pauloafonsina. O funcionamento dos serviços essenciais não foram repassados, bem como situação das contas públicas, o que causou um grande transtorno para a equipe, que, ao entrar, teve que fazer todo o levantamento de como estava a administração para que os serviços básicos fossem garantidos.

    Com essa falta de transição e sem ter perspectivas sobre as contas públicas, o prefeito Anilton Bastos teve que tomar algumas medidas, como o cancelamento dos festejos carnavalescos. Segundo o secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Jânio Soares, essa foi uma medida cautelar. “Não tínhamos noção de como estavam as contas públicas e em meio a todos esses fatos o prefeito achou mais prudente cancelar o Carnaval”, afirma.

    Jânio explica que a Prefeitura estará dando apoio aos blocos de rua. “Vamos dar um apoio aos blocos de rua, que é uma tradição do carnaval pauloafonsino”. Quanto ao evento religioso que ocorria durante o carnaval, o secretário ressaltou que foi adiado em virtude dos contratempos. “O evento será realizado em abril, no período da Semana Santa e se chamará “Celebrai”. A decisão foi tomada em acordo com os representantes religiosos que estão à frente da organização”, frisa.

     

    Autor: ASCOM