Paulo Afonso ganha unidade de semiliberdade para adolescentes

  • Publicado no dia: 12-05-2009
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     Dar uma nova oportunidade a adolescentes em conflitos com a lei. É com esse objetivo, que a Fundação da Criança e do Adolescente (FUNDAC), vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza e a ONG Lar da Criança Vicentina, inauguraram, na segunda, 11 de maio, uma nova unidade para execução de medidas socioeducativas de semiliberdade do município, A Casa da Gente.

     Várias autoridades estiveram presentes ao evento, entre elas o prefeito Anilton Bastos, o Bispo de Paulo Afonso, Dom Guido Zentron; o secretário Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Valmir Assunção e o diretor da FUNDAC, Wlamir Mota, representantes da Polícia Militar, da Guarda Municipal, do Corpo de Bombeiros, juízes e promotores de Justiça, entre outros.

     Para o prefeito Anilton Bastos, é importante que o poder público e a sociedade se comprometam em apoiar iniciativas como essa. “Eu na qualidade de prefeito quero ser um parceiro para ajudar adolescentes a serem cidadãos de bem. E esse não é só o papel do Poder Público, é também o dever de toda a sociedade”, acentua o prefeito.

     A casa que fica no BNH tem capacidade para atender 20 adolescentes em semiliberdade, que cometeram algum ato contra a lei. A semiliberdade pode ser aplicada desde quando o adolescente é apreendido, ou na fase de transição para liberdade, quando ele já está cumprindo a medida de internação e deve ter uma progressão antes de retornar a viver em sociedade.

     Segundo o secretário Estadual de Desenvolvimento e Combate à Pobreza, Valmir Assunção, o Município Pauloafonsino foi escolhido por ser um polo que centraliza a Bahia. “Paulo Afonso merece esse espaço, merece que seus adolescentes tenham novas oportunidades de estar perto de suas famílias e inseridos na sociedade”, afirma o secretário. 

    Autor: ASCOM / PMPA