No Dia Mundial da Doença de Chagas, Zoonoses alerta para cuidados ao ser picado pelo barbeiro

  • Publicado no dia: 14-04-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Nesta sexta-feira (14), é o Dia Mundial da Doença de Chagas, uma enfermidade causada pelo inseto Barbeiro e que na maioria dos casos se desenvolve no organismo de forma silenciosa. Diante dessa realidade, a Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Unidade de Controle de Zoonoses, alerta a população para os cuidados ao ser picada pelo hospedeiro.


    De acordo com o sanitarista Bruno, a doença tem tratamento e cura e, diferente do que as pessoas imaginam, o paciente infectado pode ter uma recuperação com tratamento em cerca de um ano.  “Há uma cultura de que a pessoa acometida com a doença tem um prazo de dez, 15 anos de vida; mas isso não é verdade. A doença de Chagas tem tratamento, então alertamos para a população que caso seja picado, que procure um posto de saúde”.


    Ele explica que é necessário levar o barbeiro ainda vivo. “Devemos ressaltar que nem todo babeiro é positivo para chagas, por isso a importância de levar o inseto vivo para fazermos a detecção e a partir daí, se ele for positivo, a pessoa também fazer o exame e caso esteja infectado iniciar o tratamento”, explica Bruno.


    Dentre as recomendações do agente de endemias Marcelo, está a de evitar frestas, madeiras, entulhos nas residências, locais que o inseto gosta de se instalar. “É muito importante a população estar atenta para se proteger do barbeiro e da doença de chagas”, diz Marcelo.

     

    Autor: Ascom/PMPA