Termo de convênio para construção da UTI no HMPA é assinado

  • Publicado no dia: 07-05-2018
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    Na manhã desta segunda-feira (7), foi assinado termo de convênio firmado entre a Prefeitura de Paulo Afonso e Governo da Bahia, para a construção da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em Paulo Afonso. A unidade contará com 10 leitos e será implantada no Hospital Municipal de Paulo Afonso Aroldo Ferreira Silva (HMPA).


    “Estamos dando os passos para a construção da UTI em Paulo Afonso e a assinatura desse convênio faz parte dessa caminhada. Junto com o Governo de Estado trabalharemos para ofertar esse serviço tão importante para a comunidade”, fala Luiz de Deus.


    “Este é um momento ímpar para a saúde do município, porque mais um passo foi dado para a implantação desse sonho. Foi encaminhado para o município um termo de convênio do Estado para assinatura e prosseguimento das ações de implantação”, afirma o secretário Municipal de Saúde, Ivaldo Sales Júnior.


    Após a assinatura, o documento será enviado para a Coordenadoria do Estado, para que seja elaborado o plano de trabalho de como vai ser executada a construção, bem como o repasse financeiro do Estado e a contrapartida da Prefeitura.


    “O município irá licitar essa construção dos dez leitos em Paulo Afonso. Está tudo ocorrendo no prazo estipulado dentro do cronograma e a gente fica feliz em saber que essa realidade está ganhando corpo”, reforça Ivaldo.


    Em visita ao município no mês de março, o secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, explicou que a obra terá um investimento em torno de R$ 4 milhões, financiado pelo Governo do Estado e por meio de emendas parlamentares, terá um custeio anual de cerca de R$ 4 milhões e a União arcará com 70% desse valor, quando estiver habilitada. “Temos vontade política de diferentes entes, temos a determinação do prefeito e do governador e já temos todas as plantas e projetos prontos e agora é só colocar mãos à obra e inaugurar essa UTI até o final do ano”, falou Fábio durante a visita.


    A Unidade de Terapia Intensiva que será instalada no HMPA será do tipo padrão, com dez leitos adultos, sendo nove leitos gerais e um para o isolamento. Será instalado também um centro de diagnóstico por imagem.

     

     

    Autor: Ascom/PMPA – Foto Ilustrativa