Retomadas as visitações turísticas à Usina Apolônio Sales

  • Publicado no dia: 02-12-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Atendendo à solicitação da Secretaria Municipal de Turismo, a Administração Regional da Chesf em Paulo Afonso (APA) e a Gerência Regional de Operações (GRP) autorizaram a retomada das visitações turísticas à Usina Hidrelétrica Apolônio Sales, paralisadas há cinco anos.

     

    Desde o dia 1º de dezembro os turistas que vêm a Paulo Afonso para conhecer suas belezas naturais, arquitetura, o Cânion do Rio São Francisco e o complexo hidrelétrico, poderão visitar a Usina Apolônio Sales, com saídas do Núcleo de Atendimento ao Turista (NAT), de segunda a domingo das 8h às 16h. As pessoas deverão ser acompanhadas por um guia de turismo credenciado pelo Ministério do Turismo e cadastrado junto à Secretaria Municipal de Turismo. O procedimento operacional da Companhia Hidroelétrica do São Francisco visa a garantir segurança para o visitante e ao patrimônio nacional.

     

    Inaugurada em 1977, a UHE Apolônio Sales possui um reservatório de 100 metros quadrados, com capacidade para armazenar um bilhão de metros cúbicos de água, sendo uma das seis hidrelétricas que fazem parte do complexo da Chesf. Na área externa, a usina possui um jardim com área verde, flores, gramado, mastro e rocha inaugural da obra e uma linda visão do lago com a natureza, o acesso ao piso superior do salão das maquinas com a leitura do significado da energia em mutação e no piso das unidades geradoras possui uma carranca do Rio São Francisco.

     

    O secretário Municipal de Turismo, Marlos Guerra, observa que “Com o retorno do roteiro, Paulo Afonso amplia a oferta turística na alta estação e o tempo de permanência do visitante na cidade, consequentemente favorecendo o desenvolvimento econômico de toda cadeia produtiva do turismo do município, como os hotéis, pousadas, restaurantes, agência de viagem e guia de turismo”.

    Autor: ASCOM/PMPA por Washington Luís DRT/BA 4109