Projeto Bahia Produtiva chega ao Território Itaparica

  • Publicado no dia: 02-09-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    O Governo da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), está levando a todos os 27 territórios de Identidade do Estado, o Projeto Bahia Produtiva. O público alvo são agricultores familiares, empreendedores da economia solidária, povos indígenas, comunidades de fundo e fecho de pasto, comunidades quilombolas e famílias assentadas de reforma agrária.

     

    A reunião de apresentação do projeto aconteceu nesta quarta-feira (2/9) no Auditório Edison Teixeira, com as presenças do secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Leobson Teles; do chefe da Divisão de Apoio aos Produtores Rurais, Roberto Cavalcante; do gerente do Escritório Territorial da SDR, Cláudio Ademar, além de produtores rurais e presidentes de associações comunitárias.

     

    O Projeto tem como objetivos principais: aumentar a integração ao mercado, promover a segurança alimentar e nutricional, melhorar o acesso ao serviço de abastecimento de água e saneamento de domicílios; melhorar a infraestrutura básica necessária para apoiar a produção e a comercialização; promover a inclusão econômica e social de mulheres, jovens, povos indígenas, comunidades tradicionais e empreendedores da economia solidária; fortalecer a capacidade das associações comunitárias/organizações de produtores para elaborar, implementar e gerir os subprojetos; promover a adoção de práticas de gestão sustentável de recursos naturais em áreas de produção.

     

    Para o desenvolvimento das ações propostas, até o ano de 2021serão investidos 260 milhões de dólares, sendo 150 através do Banco Mundial e 110 por meio do Governo do Estado e beneficiários. À Prefeitura de Paulo Afonso, município sede do território, caberá o acompanhamento técnico e cadastramento dos produtores rurais, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

     

    O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Leobson Teles explica que “Para serem beneficiadas com o Projeto Bahia Produtiva, as associações devem estar devidamente organizadas e por isso a SEDEC continuará investindo no fortalecimento e na criação de associações e cooperativas no município”.

     

    Leobson adianta ainda que os projetos de incentivo aos produtores rurais do Território de Identidade BA/PE vão contemplar atividades de âmbito socioambiental, bovinocultura de leite, agricultura, apicultura, caprino-bovinocultura e fruticultura.

    Autor: ASCOM/PMPA