Profissionais da saúde participam de capacitação sobre caderneta da pessoa idosa e avaliação multidimensional

  • Publicado no dia: 13-02-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Com o aumento da expectativa de vida da população, aumentam os desafios da saúde pública em adotar estratégias para atender a demandas específicas dos idosos.


    Nesta sexta-feira (10), mais uma capacitação foi realizada sobre a caderneta da pessoa idosa e avaliação multidimensional.


    O objetivo foi estabelecer protocolos e orientações importantes para que as equipes profissionais entendam as transformações que a idade traz e saibam como atender as particularidades dessa população, mantendo sua independência, autonomia e a qualidade de vida.


    Com o lançamento da nova caderneta do idoso é necessário atualizar os profissionais quanto aos cuidados à saúde desse público na Atenção Básica, abordando temas como promoção da saúde, trabalho em equipe, acolhimento, avaliação de capacidade funcional e visitas domiciliares.


    “Torna-se fundamental o preenchimento da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, visto que este é um importante instrumento para qualificar a atenção à desse público no SUS”, diz a coordenadora Larissa Thiara.


    A caderneta irá possibilitar a identificação das necessidades de saúde individuais, bem como o potencial de risco e graus de fragilidade, sendo, portanto, fundamental para o acompanhamento do idoso com resolutividade no SUS. Servirá ainda como um importante indicador das condições de saúde dos idosos.


    O curso foi realizado para médicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas e profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF). A ação, promovida pelo NEP e a Universidade Federal do Vale do São Francisco  (Univasf), aconteceu no auditório Edson Teixeira e foi ministrada pelo professor adjunto do curso de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Johnnatas Mikael Lopes.

    Autor: Ascom/PMPA