Prefeitura continua retirada de baronesa da Prainha

  • Publicado no dia: 19-01-2022
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    O trabalho de retirada das baronesas do Balneário Prainha tem continuidade pela Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema). A ação é uma constante, mas devido a grande quantidade de plantas que chega à margem, as equipes precisam de maior tempo para a remoção.


    A luta para retirar as baronesas é realizada pela administração municipal desde 2018, de forma singular, sem ajuda de nenhum ente ou órgão. As plantas se proliferam em grande volume no leito do rio, tendo Paulo Afonso como destino final e se alojando em grande quantidade no Balneário Prainha.


    “Sabemos que é as plantas trazem transtornos para os frequentadores e comerciantes da Prainha, mas fazemos tudo que está ao alcance para retirar as plantas que vêm em uma quantidade absurda. Estamos trabalhando sozinhos desde 2018, com alto custo para a gestão, porque limpamos em um dia e muitas vezes logo em seguida chega mais planta. Então nós pedimos a população mais paciência, mais compreensão. Desfalcamos alguns serviços na cidade para manter homens e máquinas ali, trabalhando para remover as plantas que são um problema em muitas localidades ribeirinhas devido a poluição do Rio Sã Francisco”, explica Ivaldo.

     

    A Sema segue realizando a limpeza e a ação estende-se durante todos esses dias, até que o local esteja pronto para receber os visitantes locais e turistas para desfrutar de um ambiente limpo e agradável. A remoção das plantas aquáticas também já foi realizada no Monumento O Touro e a Sucuri e agora está em andamento no Lago da Aurora e Balneário Abelardo Wanderley.

    Autor: Ascom/PMPA