Paulo Afonso tem vacinação contra a covid-19 todos os dias durante esta semana

  • Publicado no dia: 05-07-2021
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    Com o objetivo de aumentar ainda mais o número de pessoas imunizadas contra a Covid -19, a Secretaria de Saúde realiza a vacinação todos os dias desta semana.


    A programação vacinal, que acontece de 5 a 9 de julho, inicia com a imunização com a primeira dose para a população prisional nesta segunda-feira (5).


    Já na terça (6), a imunização de primeira dose atende o público de pessoas com idade igual ou acima de 44 anos. Para a quarta-feira (7), a etapa de vacinação continua com a primeira dose, agora para as pessoas a partir dos 42 anos de idade.


    Na quinta-feira (8), a imunização é da segunda dose para o público da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), e primeira dose para a população em situação de rua.


    A sexta-feira (9), é direcionada para a segunda dose da Astrazeneca e Coronavac. A etapa atende o público que receberam a primeira dose da Astrazeneca até o dia 18 de abril e Coronavac para as pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante até o dia 10 de junho.
    “Estamos avançando na imunização contra a covid-19 na cidade. Atingir uma marca tão significativa é muito importante, pois mostra que a Secretaria Municipal de Saúde realiza um bom trabalho de logística e planejamento para aplicação das doses”, ressalta a coordenara de Imunização, Damares Lopes. “Tão importante quanto atingir a marca das 55 mil doses, é conseguirmos proporcionar etapas de vacinação semanalmente”, completa.


    Em recente balanço divulgado pela Secretaria de Saúde, o município de Paulo Afonso já atingiu o número de 55.092 doses aplicadas, sendo 40.852 da primeira dose e 14.240 da segunda dose.


    Segundo o secretário de Saúde, Adonel Júnior, nosso compromisso com a população é distribuir as doses de acordo com a chegada dos novos lotes. A administração municipal vem seguindo à risca esse compromisso e seguimos rigorosamente o calendário de imunização dos Governos Federal e Estadual”, explica Adonel.

    Autor: Ascom/PMPA