Paulo Afonso é aprovado no Selo Unicef mais uma vez

  • Publicado no dia: 08-12-2020
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES


    O município de Paulo Afonso foi contemplado mais uma vez com o Selo Unicef, Edição 2017-2020, sendo a quarta vez que a cidade recebe a conquista. O reconhecimento internacional atesta os esforços da gestão municipal na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes.


    O anúncio foi realizado na manhã desta terça-feira (8), através de uma transmissão na internet, promovida pelos canais oficias do órgão. Representas da administração municipal acompanharam o resultado no auditório da Secretaria de Educação.


    De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Social, Cíntia Rosena, essa foi uma grande notícia, em meio ao momento tão difícil que o mundo atravessa, com a pandemia. “Fomos agraciados com essa conquista, porém o mérito é de todas as secretarias que trabalharam arduamente para recebermos essa comanda. Isso é fruto de um trabalho em conjunto que vem sendo realizado na gestão do Prefeito Luiz de Deus, com compromisso e dedicação”, ressalta. “Para nós é um grande presente receber essa notícia em meio a um momento como este, de pandemia. Vamos continuar o nosso trabalho, sempre voltado para aqueles que mais precisam”, acrescenta Cíntia.


    A articuladora do Selo Unicef, Ana Rúbia de Azevedo enfatiza importância das parcerias entre o Poder Público e as instituições para que os objetivos fossem alcançados. “Eu quero agradecer as equipes das Secretarias de Educação, Saúde, Sedes, Cultura e Esporte e a comissão do Selo Intersetorial, além dos integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Mesmo com as dificuldades que o cenário atual nos apresenta, relacionados à pandemia, nossa equipe não parou de trabalhar, seguimos realizando nossas atividades com muito amor, pois as crianças e adolescentes são prioridades no município”, enfatiza.


    Selo UNICEF Município Aprovado


    A partir de um diagnóstico e de dados levantados pelo Unicef, os municípios que se inscrevem passam a conhecer melhor sua realidade e as políticas voltadas para infância e adolescência. Com dados concretos e participação popular, o município tem condições de rever suas políticas e repensar estratégias de forma a alcançar os objetivos buscados, que estão relacionados aos objetivos de desenvolvimento do milênio.

     

     

    Autor: Ascom/PMPA