Parceria entre prefeitura e Uniasselvi garante mais assistência às crianças atendidas no Núcleo Desenvolver

  • Publicado no dia: 03-11-2022
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Uma parceria de grande impacto está sendo firmada entre a Secretaria de Saúde e a Uniasselvi para a assistência às crianças atendidas pelo Núcleo Desenvolver. Nesta quinta-feira (3), um grupo de estudantes de fisioterapia esteve no Núcleo realizando um momento lúdico e auxílio na triagem dos usuários.


    “Hoje inicia o projeto em parceria com a Uniasselvi levando mais assistência a essas crianças, é um grupo que tem crescido muito e a gestão está preocupada, então estamos procurando a todo momento e fomentando as parcerias para melhorar essa assistência. No dia de hoje trouxemos a Uniasselvi com o serviço de fisioterapia, com esse momento lúdico interagindo com as crianças”, diz o secretário de Saúde, Adonel Júnior.


    De acordo com Adonel, serão construídas três salas na estrutura do Núcleo Desenvolver, onde uma das salas será para a fisioterapia, ampliando o serviço ofertado. “A partir da próxima semana já teremos mais uma terapeuta ocupacional, as mães que tiverem envolvidas já podem procurar o Núcleo para fazer o agendamento, assim a gente vai fomentando e crescendo, fazendo uma consistência no trabalho melhorando assim o cuidado as crianças. O gestor público tem que ter esse olhar, esse cuidado tanto com as crianças como a família”, explicou.


    O Núcleo Desenvolver trata crianças de 2 a 12 anos com autismo, hiperatividade e outras doenças psíquicas que afetam o funcionamento do corpo, da mente, e das relações sociais.
    Atualmente o espaço realiza cerca de 600 atendimentos mensais e as crianças são acompanhadas por familiares ou responsáveis.


    Cristiana Carvalho, mãe de uma das crianças atendidas, agradeceu e parabenizou os profissionais. “As nossas crianças são assistidas aqui com os serviços multidisciplinares e com base nesses atendimentos elas são diagnosticadas e recebem o tratamento adequado. Durante esse período tem sido um diferencial, consegui que ele fosse recebido nesse espaço e ele tem evoluído com o tratamento. Durante o tempo que ele tem sido acolhido nesse lugar, tem sido tratado da melhor forma possível. Todos estão de parabéns porque trabalham com dedicação, responsabilidade, um compromisso que realmente a gente sente o apoio. Nós como mães somos muito bem acolhidas nesse lugar”, conclui.


    “Estamos dando início a essa parceria para dar uma maior assistência a essas crianças. A expectativa é muito boa, essa foi a primeira e terão outras com certeza, só quem sai ganhando é o público”, diz o coordenador de Fisioterapia da Uniasselvi, Leonardo Lima.

    Autor: Ascom/ PMPA