Orquestra de Recife traz gostinho do Carnaval; última noite tem apresentação de Gean Ramos

  • Publicado no dia: 30-12-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    A penúltima noite (dia 29) do Natal de Luz trouxe um gostinho do carnaval de Recife. Ao som da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, o público que compareceu à Praça das Mangueiras, mesmo desconfiado com a chuva, presenciou uma apresentação bem humorada e fora do convencional.

     

    Idealizada e formada pelo compositor, arranjador e músico Francisco Amâncio da Silva, o Maestro Forró, em 2002, a orquestra é natural da cidade do Recife (PE), e o nome é referência a um bairro de mesmo nome na Zona Norte. Um dos objetivos é fazer pesquisa, manutenção, releitura e interação das expressões culturais da música.  “A gente faz uma miscelânea, liquidifica as expressões (culturais) criando e recriando”, explicou o maestro.

     

    Não é à toa, o trabalho desenvolvido pelo Orquestra foi vencedor do Prêmio da Música Brasileira em 2013 na categoria de melhor grupo regional, com o disco Cabeça no Mundo.

     

    Exibindo coreografias e performances individuais a banda tocou frevo, dança do coco, maracatu, brega, entre outras. A apresentação colocou todo mundo literalmente para dançar ao fazer uma grande roda de ciranda na Praça das Mangueiras.

     

    A apresentação ainda reservou uma surpresa. A participação inesperada de Armandinho e Luciano Magno, atrações de ontem da programação, que subiram ao palco para tocar frevo.

     

    O encontro de ontem foi uma oportunidade única na música brasileira ao reunir o melhor da música regional de Pernambuco e Bahia.

     

    Nesta quarta-feira, último dia, é a vez do cantor, compositor, violonista Gean Ramos. Filho do povo Pankararu de Jatobá (PE) sua música é uma forte influência das culturas tradicionais com a essência da MPB.

    O Natal de Luz é uma iniciativa do Ministério da Cultura, realizado pela ELETROBRAS e Chesf, com o apoio da Prefeitura de Paulo Afonso, através da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte.

    Autor: ASCOM/PMPA por Dorisvan Lira