NEP promove capacitação para Agentes Comunitários de Saúde (ACS)

  • Publicado no dia: 17-02-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    Nos dias 15 e 16, cerca de 160 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) participaram da capacitação sobre a atualização do calendário vacinal. Os encontros realizados pelaSecretaria de Saúde, por meio do Núcleo de Educação Permanente (NEP), aconteceram no Auditório do Edison Teixeira.


    Nesta etapa, os profissionais foram orientados para que fiquem atentos em todas as áreas de abrangências de trabalho e nas vacinas que as crianças de 0 a 5 anos precisam tomar para completar o esquema vacinal. As palestras foram ministradas pela enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Viviane Marques e a coordenadora de Imunização, Damaris Lopes.


    “A nossa estratégia foi dividir o grupo em dois dias. Pensamos dessa forma porque seria mais fácil da gente aproximar e facilitar para que eles tivessem o entendimento do assunto. Muitas vacinas passaram a fazer partedo calendário vacinal, então,achamos muito oportuno esse momento para orientar os profissionais da saúde”, diz a coordenadora, Viviane Marques.


    No dia 15, o curso foi realizado com a equipe do Centro I e II, das Unidades de Saúde da Família do Américo, Pedro Álvares, Perpétuo Socorro, Josefino, Rua do Sol, Nossa Senhora de Fátima, São Francisco, Jardim Bahia, Siriema, Moxotó, Prainha, Irmã Rita e Senhor do Bonfim. Já nesta quinta-feira (16), participaram as equipes da área rural e Bairro Tancredo Neves, sendo Juá, Várzea, São José, Malhada Grande, Boa Esperança, Riacho, Santa Inês, Maruim, Padre Lourenço, São João, Santa Quitéria, Delmiro Gouveia e Rodoviário.


    “O Unicef traz um olhar diferente para as crianças com relação a atualização da caderneta vacinal, nós sabemos que algumas doenças que já haviam sido extintas, estão voltando. Essa situação acende um sinal de alerta e preocupação. Devemos ficar atentos para que isso não ocorra em nosso município, portanto é preciso que sejam criadas estratégias de sensibilização, e capacitações como essa, para que as orientações adequadas cheguem a comunidade afim de que os esquemas vacinais sejam completos”, conclui Viviane.


    De acordo com a equipe, outros profissionais estarão recebendo a capacitação para que tenham um direcionamento e trabalhem para conseguir o objetivo maior, que é a proteção das crianças.

     

     

    Autor: Ascom/PMPA