Município aplica 1ª dose da vacina contra a covid para pessoas com deficiência permanente, a partir dos 18 anos

  • Publicado no dia: 18-05-2021
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    Paulo Afonso, que já é destaque nas etapas de imunização entre os municípios Bahia, ampliou nesta terça-feira (18), a vacinação da 1ª dose contra a covid para as pessoas com deficiência permanente, a partir dos 18 anos.


    A Secretaria de Saúde estima que nessa etapa sejam aplicadas 400 doses nos dois pontos de vacinação. A imunização, que iniciou as 7h30, aconteceu nos pontos de vacinação do Ginásio Luis Eduardo Magalhães e Praça CEU, localizada no BTN I, tanto na modalidade pedestre quanto no sistema drive thru.


    “Mais uma etapa, mais uma classe que estamos imunizando, a cada dia avançamos na vacinação de outras classes e categorias”, frisa a coordenadora da Vigilância de Atenção em Saúde, Micheline Moreira, que ainda destacou a importância de a população comparecer ao ponto de vacinação com a documentação exigida com originais e cópias.


    Para a estudante Luana Silva, esse o momento representa muita felicidade e alívio tanto para ela quanto para toda a família. Já para Maria de Lourdes, que levou a irmã Meriam Bezerra, deficiente intelectual e cadeirante, esse momento representa um misto de alívio e felicidade. “O município está de parabéns na organização da vacinação. Agora estou imensamente feliz que a minha irmã foi imunizada”, falou Maria de Lourdes.


    Pai do jovem Bacelar Júnior, o agente público, Bacelar, falou da expectativa de levar o filho para receber a 1ª dose da vacina. ” Estava ansioso para esse momento, já que na minha família ele e minha esposa ainda não tinham sido convocados. Agora é sorrir e continuar com todos os cuidados”, comentou.


    Além de vacinar, a população está convidada para participar da campanha Paulo Afonso solidária, com a doação de alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal. Vale ressaltar que a doação não é obrigatória, mas simboliza um ato de solidariedade e amor ao próximo.


    A Campanha Paulo Afonso Solidária em como objetivo amenizar a situação das famílias afetadas diretamente pela crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus. A ação conta com a parceria da Diocese de Paulo Afonso, Associação Baiana de Ministros Evangélicos (Abame) e Associação Comercial de Paulo Afonso (Ascopa).

     

    Autor: ASCOM/PMPA