Instituições de ensino e militares homenagearam Paulo Afonso no Desfile Cívico da Emancipação

  • Publicado no dia: 28-07-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    A Prefeitura de Paulo Afonso, através da Secretaria Municipal de Educação realizou nesta terça-feira, 28 de julho, na Avenida Apolônio Sales, o tradicional Desfile Cívico em comemoração ao 57º aniversário de Emancipação Política do município baiano localizado na região Norte do estado, a 486 km da capital.

     

    Com o tema: “Água – Quem tem um pingo de consciência faz a diferença” 27 instituições, entre escolas da Rede Municipal, Estadual e Particular de Ensino, grupamentos militares, bandas marciais, carros alegóricos, moto clubes, grupos e entidades culturais abrilhantaram a festa que contagiou o grande público, proporcionando por mais de duas horas, momentos áureos na data magna da terra da energia.

     

    Sobre o tema do desfile, a secretária Municipal de Educação, professora Selma Carvalho, comentou: “É um importantíssimo tópico a ser explorado no momento em que o Brasil passa por uma crise hídrica preocupante; nosso objetivo é despertar a consciência para que tenhamos um planeta mais sustentável para as futuras gerações”.

     

    Do palanque oficial, ao lado do prefeito Anilton Bastos, do vice-prefeito, Jugurta Nepomuceno Agra e da secretária Selma Carvalho, assistiram ao desfile a secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Ana Clara Moreira; os comandantes da 1ª Companhia de Infantaria, major Felipe Rosa Barroso Magno; do 20º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Bruno Sturaro e do 15º Grupamento Militar de Bombeiros, major Neuzito Coelho; o presidente da Câmara Municipal, Petrônio Nogueira; delegados da Polícia Civil, diretores de colégios e faculdades particulares, vereadores e secretários outros municipais.

     

    O projeto de emancipação política de Paulo Afonso, de autoria do então vereador da cidade de Glória, Abel Barbosa e Silva, foi aprovado na sessão do dia 10 de outubro de 1956 e seguiu para a Assembleia Legislativa da Bahia. Naquela Assembléia, no ano de 1957, foi transformado no Projeto de Lei Nº 910/57, de autoria do deputado estadual Clemens Sampaio, do PTB, o mesmo partido de Abel Barbosa. Finalmente, em 28 de Julho de 1958, o então governador da Bahia, Antônio Balbino de Carvalho sancionou a Lei Estadual nº 1.012/58, criando oficialmente o município de Paulo Afonso, desmembrando o seu território do município de Glória.

     

    Hoje, Paulo Afonso é considerado um dos mais desenvolvidos municípios do Nordeste brasileiro. Seus principais atrativos turísticos são os Cânions do Rio São Francisco, o complexo hidrelétrico da Chesf, a Serra do Umbuzeiro, o Parque Ecológico Raso da Catarina, a prainha de água doce formada pelo lago da Usina PA IV, igreja de São Francisco, o Parque Belvedere, o Museu Casa de Maria Bonita, além de praças e jardins do centro da cidade.

    Autor: ASCOM/PMPA – Por Washington Luís