Expectativa desta sexta (7) é aplicar 1.800 doses de vacina contra a covid

  • Publicado no dia: 07-05-2021
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    A Secretaria de Saúde iniciou nesta sexta-feira (7), uma nova etapa da vacinação de 1ª dose contra a covid para o grupo prioritário com comorbidades a partir de 53 anos. Também foi disponibilizada a 2ª dose da Coronavac/ Butantã para quem recebeu a primeira há 28 dias e a Astrazeneca/ Fiocruz há 84 dias.

     

    Os profissionais reforçam que as pessoas fiquem atentas para levar a documentação necessária exigida no ato da imunização. “A busca é intensa, tem pessoas que chegam e retornam porque não apresenta a receita ou lado médico ou não tem a comorbidade estipulada no Plano Nacional de Imunização”, disse a coordenadora de Imunização, Damares Lopes.

     

    Ainda segundo a coordenadora, o munícipio não sofrerá com a escassez da 2ª dose como é notado em outros municípios, já que a Secretaria de Saúde possui um controle rigoroso em relação a oferta e distribuição das doses. “A segunda dose é garantida no nosso munícipio”, frisou.

     

    A expectativa de hoje é vacinar, nos três pontos, 1.800 pessoas com a 1ª dose. A 2ª dose acontece simultaneamente seguindo o cronograma de imunização.


    Campanha Paulo Afonso Solidária


    A campanha de doação de 1 Kg de alimentos não perecível ou item de higiene pessoal continua a todo vapor nos três pontos de vacinação.
    A coleta é realizada pelos profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e visa ajudar pessoas e entidades que estão passando por dificuldades nesse período de pandemia.


    A Associação das Pessoa com Deficiência de Paulo Afonso (APDEPA) e Alternativa Reciclagem de Paulo Afonso (ARPA) foram as primeiras a receberem a doação de cestas básicas entregue pela Sedes, na última semana.

     

    A doação não é obrigatória, mas toda a população é convidada a fazer parte dessa campanha do bem e de solidariedade.

     

    A campanha tem como parceiros a Diocese de Paulo Afonso, Associação Baiana de Ministros Evangélicos (Abame) e Associação Comercial de Paulo Afonso (Ascopa).

     

    Autor: ASCOM/PMPA