Em parceria com a Arpa e Ascoseba, Prefeitura inicia implantação da coleta seletiva em Paulo Afonso

  • Publicado no dia: 10-04-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Mais um passo está sendo dado para a contribuição com o meio ambiente no município – a implantação da coleta seletiva, um projeto realizado numa parceria entre a Prefeitura e a Alternativa Reciclagem de Paulo Afonso (Arpa) e a Associação de Coleta Seletiva e Catadores de Materiais Recicláveis do Estado da Bahia (Ascoseba). De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), a ação tem o objetivo conscientizar a população sobre a importância da implantação deste tipo de coleta, além de disseminar a educação ambiental.


    A ação já está em fase piloto, com implantação nesta primeira etapa em condomínios e, posteriormente, sendo estendida para os bairros. O primeiro condomínio a ser contemplado é o Encontro da Águas, no Jardim Bahia, que recebeu contêineres da coleta seletiva e o esclarecimento para os condôminos, para que possam descartar o lixo da forma correta.


    A implantação da coleta seletiva no município faz parte do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, em cumprimento a Lei Federal nº12.305 e Decreto n°7.404/2010.


    Os detalhes do projeto foram informados durante visita do prefeito em exercício, Marcondes Francisco, e o secretário de Meio Ambiente Ivaldo Sales à Arpa. “Com a implantação do projeto da coleta seletiva, diminuirá a quantidade de lixo destinado ao aterro sanitário do município, e ainda gerando renda com a venda e reutilização dos materiais que poderiam ser descartados e não mais reutilizados”, diz Marcondes.


    Segundo a equipe, as parcerias têm rendido bons frutos e a Ascoseba cedeu, para o melhoramento do trabalho na Arpa, um caminhão compactador, duas caçambas, uma retroescavadeira, um caminhão tipo carroceria aberta e uma prensa para compactar os materiais.


    “Estamos com uma expectativa muito grande para que essa ação dê certo no nosso município com esse projeto piloto. Ficamos muito satisfeitos e esperamos ter bons resultados cada vez mais”, enfatiza Ivaldo.

     

    Autor: Ascom/PMPA