Com um ano em funcionamento, Upa Covid é referência no combate ao vírus

  • Publicado no dia: 29-04-2021
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    No dia 29 de abril de 2020, a Prefeitura de Paulo Afonso dava um grande passo no tratamento do coronavírus – ali, inaugurava a UPA Covid, a primeira unidade hospitalar voltada exclusivamente para salvar os infectados pelo vírus. Neste um ano de funcionamento, o local tornou-se uma referência no atendimento e reúne as mais diversas histórias, com infraestrutura completa e o carinho e dedicação dos profissionais, que até hoje conseguiram recuperar 297 pacientes internados.

    Na unidade, cerca de 9 mil pessoas já foram atendidas em um ano, entre triagem e internamento. Para a coordenadora Larissa Thiara, ver a estrutura hoje causa emoção. “Desde que foi inaugurada, a UPA foi um presente para Paulo Afonso e região porque foi feita para salvar vidas, que é a grande missão. Temos uma equipe de profissionais dedicados 24 horas para o atendimento e pode ter certeza que o nosso grande presente é ver as altas hospitalares, com os pacientes e familiares em uma emoção. Ali, no dia a dia nos tornamos uma grande família. Apesar de estarmos lutando com esse vírus, os momentos vividos são gratificantes porque lidamos com pessoas”, diz Larissa.

    Para o diretor médico Fabrício Xavier, apesar da unidade ser uma referência no atendimento, o número de casos está cada vez mais alto, o que tem causado uma estafa nos profissionais. “Estamos há um ano nessa luta constante, os profissionais são dedicados, mas estão exaustos, por isso pedimos a compreensão da população para evitar aglomeração, se proteger. A UPA é, sem dúvida, um presente porque está preparada para cuidar e salvar, mas tem sido uma batalha dura esses 365 dias”, ressalta.

    A estrutura da unidade é composta de 35 leitos, entre triagem, semi-UTI e UTI, com 135 profissionais. Para o secretário de Saúde, Adonel Júnior, toda homenagem ainda é pouco, diante do que representa a UPA. “A UPA Covid é um grande presente, apesar de ser voltada para o tratamento desse vírus que causa tanta tristeza, temos muito a celebrar, porque é a esperança que salva vidas, com profissionais, equipamentos e toda a dedicação de uma equipe. Estão todos de parabéns”, diz o secretário.

    Autor: AScom PMPA