Com grande aceitação, 1º Fórum Municipal de Autismo promove a inclusão e leva mais conhecimento à comunidade

  • Publicado no dia: 24-04-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Um evento enriquecedor que reuniu profissionais, pais, instituições e pessoas autistas para discutir questões relevantes sobre o tema – foi assim o 1º Fórum Municipal de Autismo, que aconteceu de 18 a 20 de abril. O encontro foi um grande momento para discutir e promover a inclusão, além de levar mais conhecimento para a comunidade.


    A Secretária de Educação, Elza Brito, avaliou o evento como positivo e destacou que a gestão está efetivando políticas públicas que garantem direitos de crianças e adolescentes. Durante os três dias, o encontro teve a participação efetiva dos profissionais e também foi perceptível a satisfação nos profissionais que foram compartilhar conhecimento.


    “Tenho uma grande alegria de dizer foram três dias intensos de muita informação e interação com profissionais renomados discutindo sobre o autismo e fazendo valer o que durante esse mês estivemos reforçando, que é mais informação e menos preconceito. Convocamos a todos para que possamos ter mais respeito, mais acolhimento; para que possamos promover de fato a inclusão do autista em todos os espaços”, explicou.


    No encerramento, foi realizado uma palestra com a Pedagoga, Escritora e especialista em Neuropsicológica, Patrícia Teodolino Gonçalves, que trouxe o tema voltado para inclusão de pessoas com autismo no mercado de trabalho.


    “O autismo é um transtorno que vem crescendo, apresentando números expressivos, portanto é uma preocupação de toda a sociedade desde educação, da área de saúde e da área laboral. Ter na cidade um tema sobre isso é mostrar com certeza a preocupação dos entes públicos sobre o processo de inclusão. Trouxe o tema sobre trabalho, porque temos que pensar no futuro das pessoas com autismo. Na oportunidade, apresentei o projeto Fama que dirijo em Salvador, O Fantástico Mundo Autista, em que a nossa pauta principal é a inclusão de pessoas com autismo no mundo do trabalho”, concluiu Patrícia.

    Autor: Ascom/PMPA