Campanha contra trote mobiliza população pauloafonsina

  • Publicado no dia: 12-08-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

    O grande número de chamadas telefônicas falsas recebidas pelo SAMU – Regional Paulo Afonso motivou a realização de uma campanha educativa, nos dias 10 e 11de agosto, com veiculação de mídias e estande montado na Avenida Getúlio Vargas, em frente à Gráfica Jatobá.

     

    Com a colaboração do 20º Batalhão da Polícia Militar, durante os dois dias, a equipe orientou motoristas e pedestres, utilizando carro de som e entregando panfletos educativos, com o objetivo de conscientizar sobre as consequências dos chamados “trotes”.

     

    De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Alexei Vinícius, de 22 mil ligações recebidas anualmente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), 16 mil são identificadas como informações de ocorrências falsas. Para Alexei, o índice é preocupante e levou à realização da Campanha. Os artigos 266 e 340 do Código Penal Brasileiro preveem pena de um a três anos de prisão para quem fizer chamada telefônica falsa, que pode resultar inclusive na morte de um paciente que aguarda atendimento, enquanto uma ambulância é designada para atender a uma falsa ocorrência.

     

    “Quando alguém necessita de atendimento urgente e ao ligar para o SAMU 192 recebe a informação de que todas as ambulâncias estão ocupadas, um desses veículos pode estar se dirigindo para uma ocorrência falsa; enquanto isso, uma vítima de acidente grave pode morrer por falta de atendimento”, observa Alexei Vinícius.

    Autor: ASCOM/PMPA