Abrigos Institucionais mantidos pela Prefeitura realizam Audiência Pública Concentrada

  • Publicado no dia: 09-10-2015
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    No dia 5 de outubro, no Abrigo Institucional Meninos da Terra, das 9h às 17h, aconteceu a terceira Audiência Concentrada com o objetivo de potencializar as ações que visam a diminuir a permanência das crianças e adolescentes na instituição.

     

    De acordo com a coordenação, esta audiência acontece a cada seis meses no Abrigo Institucional, quando autoridades do Poder Judiciário e equipe técnica da Rede Socioassistencial se concentram para reavaliar a situação das Crianças e Adolescentes abrigados. 

     

    A atuação da equipe técnica realizada por meio de visitas domiciliares,  investigação social e atendimento psicológico é de fundamental importância para subsidiar as decisões tomadas pelo Juiz e Promotor, que vão desde a destituição de poder familiar, colocação em família substituta, reinserção familiar ou ainda a permanência no Abrigo.

     

    Estiveram presentes: a secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Ana Clara Moreira; o Juiz Titular da Vara da Infância e Juventude, Adriano de Lemos Moura; o Promotor de Justiça, Moacir do Nascimento; o Defensor Público, Ricardo; as conselheiras Tutelares, Luciene Rodrigues, Rose Miranda e  Marília Silva; a técnica do Setor de Habitação, Rivaneide; os coordenadores dos abrigos, Edna Nunes e Regis Miranda; a equipe técnica, a psicóloga Poliana de Lima, a assistente social Suzan Kelly e a psicóloga Cristiane Siqueira, representando o CREAS.

    Autor: ASCOM/PMPA por Washington Luís DRT/BA 4109