Abertura do 1º Fórum de Autista aborda inclusão em diversas áreas

  • Publicado no dia: 19-04-2023
  • 0
    AÇÕES
    0
    VISUALIZAÇÕES

     

    Com a perspectiva de garantir a inclusão em todas as áreas, a Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), realizou a abertura do 1º Fórum de Autismo.  De acordo com o Prefeito em Exercício, Marcondes Francisco, haverá outros fóruns iguais, porque Paulo Afonso será referência em toda a região de como tratar e respeitar as pessoas autistas.


    “Estamos fazendo com que todas a pessoas com autismo não sejam vistas como diferentes, mas sim como pessoas que devem ser incluídas na sociedade. Estamos vivendo uma noite extraordinária, um momento ímpar, em que professores e cuidadores se fizeram presentes para aprender mais e ser um agente multiplicador, repassar para o demais e fazer com que nós possamos avançar a cada dia, reforçando o respeito”, diz Marcondes.


    Nesse primeiro dia, a palestra com o Neuropsicopedagogo Luís Vicente fez uma abordagem científica, levando dados estatísticos sobre o autismo e as formas de como as pessoas devem lidar para acolher, incluir e respeitar crianças e alunos com o transtorno.


    Segundo a Secretária de Educação, Elza Brito, é através das formações e levando conhecimento aos profissionais que teremos escolas e espaços inclusivos para garantir os direitos desse público.  “A Prefeitura de Paulo Afonso sai na frente mais uma vez. Iniciamos o primeiro Fórum para discutir, trazer para a pauta essa temática tão importante. Nós sabemos que há uma prevalência cada vez mais crescente de autismo, então hoje nós temos o autista em todos os espaços da sociedade e eles estão chegando nas escolas públicas e privadas e vimos essa necessidade de discutir essa temática”, explicou.


    O evento reuniu profissionais de várias áreas, tanto da educação, quanto assistentes sociais, psicólogos, profissionais da saúde, representantes de instituições e das famílias atípicas. Em parceria com a Diocese, está sendo transmitindo o fórum online para que outras pessoas em casa possam também poder participar.


    “Para mim é uma honra está participando desse momento e mais ainda poder representar as famílias atípicas. É de grande importância essa conscientização que a Prefeitura, juntamente com a Seduc, está fazendo. Acredito que nós todos só temos a ganhar, principalmente porque estamos no mês de conscientização do autismo e precisamos viver isso todos os dias do ano para que a gente possa melhorar cada dia mais a vida dessas pessoas com autismo. Posso dizer com propriedade que o meu filho é bem acolhido pela rede, pelos cuidadores e professores. A educação tem sido uma grande parceira das famílias”, diz a representante das famílias atípicas, Janaina Malta.


    O evento segue até está sexta-feira (20), e nesta quarta terá a mesa redonda para discutir e dar oportunidade a famílias atípicas.

    Autor: Ascom/PMPA